21/09/2020

Gazeta Amparense

As principais informações

Preço da gasolina sobe para R$ 4,20 o litro e deve aumentar mais, com novo tipo de combustível

Preço da gasolina volta a subir. A pesquisa foi feita pela Agência Nacional do Petróleo, na semana passada, em postos de todo o País.

Mostrou que o valor médio do litro pulou de quatro reais e 17 centavos para quatro e 20.

Foi a décima semana seguida, portanto dois meses e meio, de aumento. Num ano no qual os preços mudaram bastante.

No fim de janeiro, o litro chegou a custar quatro e 59, portanto 39 centavos a mais que hoje.

Na época, começaram as baixas, que ganharam força a partir de março.

E, no fim de maio, o preço da gasolina tinha despencado pra três e 80, 40 centavos a menos que hoje.

Tudo tem relação com a crise do coronavírus.

No começo da pandemia, a quarenta e o fechamento de fábricas, por exemplo, derrubaram a demanda por combustível e o preço; agora, com a retomada das atividades aos poucos, os valores voltaram a subir.

Vale lembrar, ainda, que independentemente dessa situação, é esperado, pra a partir dessa semana, um aumento médio de seis centavos por litro.

Isso porque começou a ser vendido na segunda-feira, nos postos do País, um novo tipo de gasolina.

As especificações definidas pelo Governo mudaram, o que teoricamente aumenta a qualidade.

E, na avaliação da Petrobras, o preço maior deve ser compensado pelo rendimento melhor: ou seja, será possível rodar mais, com menos gasolina.