06/08/2020

Gazeta Amparense

As principais informações

Preço da gasolina registra 9ª alta seguida e chega a R$ 4,17 o litro

Preço da gasolina volta a subir.

A pesquisa foi feita pela Agência Nacional do Petróleo, na semana passada, em postos de todo o País.

Mostrou que o valor médio do litro pulou de quatro reais e 13 centavos para quatro e 17.

Foi a nona semana seguida, portanto mais de dois meses, de aumento. Num ano em que os preços mudaram bastante.

No fim de janeiro, o litro chegou a custar quatro e 59, portanto 42 centavos a mais que hoje.

Naquela época, começaram as baixas, que ganharam força a partir de março.

E, no fim de maio, o preço da gasolina tinha despencado pra três e 80, 37 centavos a menos que hoje.

Tudo tem relação com a crise do coronavírus.

Primeiro, o fechamento de fábricas e a quarentena fizeram a demanda despencar e puxaram a cotação do petróleo pra baixo.

O que derrubou o preço da gasolina.

Agora, com a retomada das atividades em algumas regiões, o consumo cresceu e os valores também, até porque a Petrobras autorizou reajustes nas refinarias.

No caso do etanol, o preço também subiu, na semana passada, e a cotação média do litro na bomba foi de dois reis e 74 centavos.